5 descobertas que a ciência não conseguiu explicar ainda

5 descobertas que a ciência não conseguiu explicar ainda

Apesar de todos os avanços tecnológicos e de todo o conhecimento que temos sobre o mundo que nos rodeia, ainda existem vários mistérios que ciência simplesmente não consegue explicar. Entre eles existe um zumbido estranho que desde a década de 50 já foi percebido por milhares de pessoas — em várias partes do mundo —, e os pesquisadores não conseguem encontrar a fonte desse fenômeno.

Outro exemplo é a Máquina de Antícitera descoberta na Grécia no início do século 20: apesar de os cientistas saberem que era um mecanismo utilizado para calcular o movimento dos planetas, até hoje ninguém conseguiu descobrir exatamente como a engenhoca funciona nem quem foi seu inventor. E os placebos então, que, apesar de serem medicamentos inertes, já tiveram efeitos comprovados na cura de incontáveis pacientes?

Como esses, existem muitos outros mistérios que intrigam os cientistas e ainda não foram desvendados, e a seguir você pode conferir uma seleção com cinco exemplos:

1 – Mar da Galileia

Fonte da imagem: Reprodução/The Huffington Post

Em 2003, um monumento em forma de cone submerso no Mar da Galileia foi detectado com o uso de um sonar. A estrutura conta com um peso superior a 60 mil toneladas e diâmetro de aproximadamente 70 metros, e estima-se que ela tenha sido construída há mais de 4 mil anos. Os arqueólogos acreditam que o monumento tenha desaparecido devido à elevação do nível das águas, mas até agora ninguém sabe o que essa construção misteriosa representa.

2 – Paleodictyon Nodosum

Fonte da imagem: Reprodução/Natural History Mag

Trata-se de uma criatura supostamente extinta que habitava o Atlântico e o Pacífico há 50 milhões de anos e criava formações perfeitamente hexagonais na areia, iguais à que você pode ver na imagem acima. No entanto, os cientistas continuam encontrando essas formações, portanto, há quem acredite que esses seres continuam vivos e não evoluíram, apesar de ninguém jamais ter visto um desses bichos em ação.

3 – Upsweep

 

O nome acima serve para designar um ruído estranho descoberto em 1991 que pode ser ouvido sob o Pacífico. Os cientistas chegaram a considerar que talvez o som fosse produzido por baleias ou, quem sabe, vulcões submersos, no entanto, ninguém sabe explicar o que provoca o fenômeno.

4 – Kepler 78b

Fonte da imagem: Reprodução/Wikipédia

O Kepler 78b é um exoplaneta coberto de lava — e temperaturas em sua superfície estimadas em mais de 2,5 mil °C — com tamanho e densidade semelhantes aos da Terra. No entanto, o astro completa uma órbita ao redor de sua estrela a cada 8,5 horas, e é essa proximidade que torna sua existência inexplicável. Ao estar localizado tão perto de seu Sol, o calor deveria tornar impossível que o Kepler 78b sequer tivesse se formado.

5 – Bolas de Fogo de Naga

 

 

Observadas no Rio Mekong, na Tailândia, as “Bolas de Fogo de Naga” podem ser vistas anualmente em outubro, e inclusive existe um festival relacionado com o fenômeno. Segundo a lenda local, isso é provocado por uma serpente mitológica que habita o rio e que cospe bolas de fogo para pedir que Buda retorne à Terra.

Além da explicação local — relacionada com a serpente lendária —, cientistas especulam que as bolas de fogo talvez sejam provocadas por bolhas de metano que vão sendo liberadas e subindo à superfície. Contudo, embora este seja um fenômeno bem conhecido, ninguém sabe dizer ao certo por que é que ele ocorre, e muita gente ainda acredita que ele tenha origens sobrenaturais.

Deixe um Comentário

Close
CONCORRA A BRINDES ,CURTA E PARTICIPE
Tá gostando de nosso conteudo?então curti ai!
%d blogueiros gostam disto: