Quando se comemora o Dias das Mães ao redor do mundo?

Quando se comemora o Dias das Mães ao redor do mundo?

A princípio, o Dia das Mães começou a tomar forma em 1865 quando a ativista norte-americana Ann Maria Reeves Jarvis organizou o Mother’s Friendship Days (dias de amizade para as mães) a fim de melhorar as condições de cuidados dos feridos na Guerra de Secessão que assolou os Estados Unidos naquela época.

Mas não foi ela que deu início à comemoração de maio e sim a sua filha, Anna Jarvis, em 12 de maio de 1907, dois anos após o falecimento da mãe. Porém, ela só obteve a oficialização da data em 1914, quando o Congresso dos Estados Unidos instaurou o segundo domingo do mês de maio como o Dia das Mães.

No Brasil, a data foi oficializada apenas em 1932 pelo então presidente Getúlio Vargas. Além de qualquer presente, a data é um dia especial para ficar ao lado da mãe, dar aquele abraço gostoso e muito carinho.

Apesar disso, os presentes fazem o maior sucesso. Tanto que aqui em nosso país como na terra do Tio Sam o Dia das Mães é a festividade mais lucrativa depois do Natal. Confira abaixo quando se comemora a data em outros países.

1 – Reino Unido –  Quarto domingo da Quaresma

Shutterstock

Pela maioria dos relatos históricos, foi a Igreja da Inglaterra que criou o “Domingo das Mães” para homenageá-las e mais tarde para comemorar a “Igreja Mãe” em toda a sua glória e carinho espiritual. Centenas de anos atrás, bons cristãos eram esperados para fazer pelo menos um retorno à sua igreja-mãe a cada ano.

Em outras palavras, o Domingo das Mães era a viagem para visitar a mulher ou entidade que lhes deu vida. Então, o quarto domingo da Quaresma tornou-se o dia designado para fazer esta viagem e continua até hoje.

2 – Tailândia – 12 de agosto

Sua Majestade a Rainha Sirikit da Tailândia também é considerada a mãe de todos os seus súditos tailandeses. À luz de seu status materno real, o governo tailandês decretou que seu aniversário, 12 de agosto, se tornasse também o dia das mães oficial da Tailândia em 1970. O dia continua a ser um feriado nacional, comemorado em todo o país, com fogos de artifício e iluminação especial.

3 – Bolívia – 27 de maio

Durante sua luta pela independência da Espanha no início do século 19, a Bolívia viu muitos de seus pais, filhos e maridos feridos e mortos nos campos de batalha. Um grupo de mulheres de Cochabamba recusou-se a ficar de braços cruzados e, em 27 de maio de 1812, eles se uniram para lutar contra o exército espanhol na Coronilla Hill.

Apesar de centenas de pessoas morrerem na batalha, o legado de suas contribuições vive graças a uma lei nacional aprovada em 1920, tornando o dia em que as “Heroínas de Coronilla” tomaram as ruas no Dia das Mães nacional.

4 – Indonésia – 22 de dezembro

Decretado oficialmente em 1953 pelo presidente do país, o Dia das Mães da Indonésia cai no dia 22 de dezembro, aniversário do Primeiro Congresso Indonésio das Mulheres (1928). A primeira convocação de mulheres em um órgão governamental ainda é considerada fundamental no lançamento de movimentos femininos organizados em toda a Indonésia. O feriado foi criado para celebrar as contribuições delas para a sociedade do país.

5– Oriente Médio- Equinócio de Primavera, 21 março

O jornalista egípcio Mustafa Amin introduziu a ideia de um dia das mães para seu país de origem e rapidamente se espalhou por grande parte da região. Inspirado por uma história de uma viúva ingrata ignorada por um filho ingrato, Amin e seu irmão Ali propuseram com sucesso um dia para homenagear todas as mães no Egito.

Eles decidiram que o primeiro dia da primavera, 21 de março, era o mais apropriado para celebrar as doadoras fundamentais da vida. A data foi celebrada pela primeira vez no Egito, em 1956. Hoje, ela também é festejada em toda a região do Bahrein, Emirados Árabes Unidos e Iraque.

6 – Nepal – Último dia do mês  Baishakh (abril ou maio)

Partindo de uma antiga tradição hindu, este festival de homenagens para as mães ainda é comumente comemorado no Nepal, tanto para as vivas quanto para as mortas. Tradicionalmente, é feita uma peregrinação até as lagoas Mata Tirtha perto de Katmandu. Um grande festival também é realizado na aldeia Mata Tirtha e as crianças mostram seu apreço pelas mães com doces e presentes.

7 – Israel – Dia da Família/Dia das Mães –  30° dia de Shevat (geralmente fevereiro)

Henrietta Szold nunca teve seus próprios filhos, mas isso não a impediu de tocar a vida de muitos jovens. Szold desempenhou um papel ativo na organização Youth Aliya, entidade através da qual ela ajudou a proteger muitas crianças judias dos horrores do Holocausto. Isso lhe rendeu uma reputação como a “mãe” de todas as crianças.

Na década de 1950, uma menina de 11 anos chamada Nechama Biedermann escreveu para a publicação infantil Haaretz Shelanu propondo que eles tornassem a data da morte de Szold no Dia das Mães nacional de Israel. O jornal concordou prontamente, assim como o resto do país. Apesar de ter mudado para o Dia da Família, a popularidade do feriado diminuiu longo dos anos.

8 – Etiópia – Antrosht, quando termina a estação das chuvas (outubro/novembro)

Em vez de se fixar a uma data específica, os etíopes esperam a estação chuvosa, em seguida, caminham para casa para uma grande festa de família de três dias. Esta festa é conhecida como “Antrosht”. Ao contrário de alguns dias da mãe ocidentais, na Etiópia a mãe desempenha um papel fundamental na preparação das refeições tradicionais para o festival.

9 – França –  Último domingo de maio

A França celebra o Dia das Mães alguns domingos mais tarde do que aqui no Brasil. O país tem uma história de tentativas de criar um Dia das Mães nacional. Napoleão tentou impor um feriado nacional, na virada do século 19. Mas as coisas acabaram não funcionando tão bem.

Mais de um século depois, Lyon criou o seu próprio Dia das Mães para homenagear as mulheres que perderam filhos na Primeira Guerra Mundial. O feriado só foi decretado oficialmente nacional em 24 de maio de 1950.

O Dia das Mães francês está oficializado para ocorrer no último domingo de maio. No entanto, se o mesmo domingo também coincide com o dia de Pentecostes, a comemoração é adiada para o primeiro domingo de junho.

10 – Nicarágua – 30 de maio

Na década de 1940, o presidente General Anastasio Somoza declarou o Dia das Mães em homenagem ao aniversário de sua madrasta. Apesar de suas origens por motivos pessoais do general, a data é bastante badalada e lucrativa na Nicarágua.

Deixe um Comentário

Close
CONCORRA A BRINDES ,CURTA E PARTICIPE
Tá gostando de nosso conteudo?então curti ai!
%d blogueiros gostam disto: